MP-AM aumenta capacidade de investimento com aumento do duodécimo aprovado na LDO

IMG-20170713-WA0008

Foi aprovada no fim da tarde desta quinta-feira, 13 de julho, no plenário da Assembleia Legislativa do Estado ( Aleam), a Lei de Diretrizes Orçamentárias(LDO) de 2018. A lei define como o Governo vai gastar e dividir o orçamento previsto para o ano que vem. O Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM) teve o duodécimo a que tem direito aumentado em 0,05% das receitas do Estado, subiu de 3,35% para 3,40%.


O Procurador-Geral de Justiça em Substituição Legal Pedro Bezerra , a Subprocuradora-Geral para Assuntos Administrativos Leda Mara Nascimento Albuquerque e Membros do MP-AM acompanharam toda a movimentação na Assembleia Legislativa em torno da votação da LDO na tentativa de sensibilizar os deputados sobre a questão. De acordo com a Subprocuradora-Geral, foi imprescindível a presença dos Membros do MP na Aleam. “Esse aumento no duodécimo vai otimizar as nossas ações para que possamos viabilizar uma melhor estrutura para o Ministério Público, aos nossos Promotores, melhorando com isso o atendimento à sociedade. O MP mais uma vez, com muita serenidade, tranquilidade e sabedoria conseguiu administrar esse momento importante pra gente de vitória e de conquista”, afirmou a Subprocuradora.

IMG-20170714-WA0002


O PGJ por Substituição Legal, Pedro Bezerra, também comemorou o aumento na capacidade de investimento da instituição. “O que nós queríamos é muito pouco em relação às nossas atribuições que são enormes. Queremos ao menos que o interior não fique desassistido”, destacou.

 

Mais Promotores de Justiça para o interior


O primeiro impacto do aumento no duodécimo do MP-AM será a nomeação de mais Promotores de Justiça para o interior do estado. A afirmação é do Procurador-Geral de Justiça Carlos Fábio Braga Monteiro, que participou ativamente das discussões sobre a LDO, mesmo em férias. “Conversei com o Governador e com o relator da matéria. Coloquei de forma muita franca, em números inclusive, que esse recurso viria para a nomeação de mais Promotores de Justiça, nomeamos 6 em junho, mas o orçamento nos impõe limitação, com o aumento do duodécimo teremos assegurada a nomeação de mais 12 Promotores. Fico feliz que eles se sensibilizaram com nossos argumentos”, comemorou o Procurador-Geral.


A expectativa é de que esse incremento orçamentário impulsione outros projetos, como o que prevê a construção de sedes próprias do Ministério Público no interior e a criação de novas Promotorias de Justiça.


Nos últimos 2 anos o Ministério Público do Amazonas teve uma queda vertiginosa na capacidade de investimento devido à redução da receita tributária do Estado, o que refletiu na diminuição do repasse do duodécimo ao órgão.


Últimas Notícias
Servidores demitidos em período eleitoral serão indenizados pelo Município de Maués

Notícias
Em Ação Civil Pública proposta pelo Ministério Público do Estado do Amazonas, o Município de Maués foi condenado...
MP-AM vai à Justiça pela renovação e manutenção dos veículos de transporte coletivo de Manaus

Notícias
A 81ª Promotoria de Justiça Especializada na Proteção e Defesa do Consumidor (Prodecon) ajuizou na última...
MP-AM denuncia estado falimentar da Fucapi e vai à Justiça para impedir novas matrículas

Notícias
O Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM), por meio da 47ª Promotoria de Justiça Especializada em...
Sai a lista de inscritos para Remoção à 2ª PJ de Parintins

Notícias
O Conselho Superior do Ministério Público do Estado do Amazonas (CSMP) divulgou hoje, 16 de janeiro de 2018, no...