PGJ é condecorado com Medalha do Mérito Acadêmico da Esmam

medalha ESMAM

 

A Escola Superior da Magistratura do Amazonas (ESMAM), órgão vinculado ao Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), concedeu nesta terça-feira, 19 de junho, a Medalha do Mérito Acadêmico ao Procurador-Geral de Justiça Carlos Fábio Braga Monteiro e outras 35 personalidades.

A outorga da insígnia foi realizada no auditório Desembargador Arthur Virgilio do Carmo Ribeiro, no centro Administrativo José de Jesus Ferreira Lopes.

“Eu fico muito honrado com essa homenagem que recebo, claro que em nome do Ministério Público, mas também em virtude de ser mérito acadêmico pelo exercício do magistério, então fiquei muito feliz, lisonjeado em ser lembrado pelo Conselho da Escola da Magistratura com essa homenagem e a confirmação de que é importante que nós possamos dar atenção ao estudo. Também fiquei muito feliz nesse momento pela quantidade de formandos do curso de pós-graduação, os juízes no curso de aperfeiçoamento, é a demonstração que os profissionais de Direito do Amazonas continuam a todo momento estudando, se aperfeiçoando. Enquanto professor, fico muito honrado, tanto em ter sido agraciado como ver também a reciclagem contínua por parte de todos os profissionais de Direito”, salientou o PGJ, que é professor universitário desde 2003, leciona processo penal e prática jurídica em uma faculdade particular e na Escola Superior de Magistratura do Amazonas.

 

WhatsApp Image 2018-06-20 at 10.13.14


Em seu discurso, o diretor da Esmam, desembargador Ari Moutinho, destacou que “a Escola eleva-se à condição de uma academia, que cultua o direito e faz a promoção da justiça, como um valor inestimável almejado assiduamente pela sociedade” ao evidenciar que nos 53 eventos educacionais realizados pela instituição durante a sua gestão “não houve restrição a qualquer tema, nem vedação a qualquer diálogo”.

 

Na cerimônia desta terça-feira também foram certificados os 47 juízes empossados no último concurso do TJAM, que concluíram o Curso de Formação Inicial para Magistrados (CFIM). Em seguida, foi feita a diplomação dos formandos da primeira turma de pós-graduação em Direito Processual e da 13ª turma do Curso Preparatório à Carreira da Magistratura. A aluna Critiane Albuquerque Amore, recebeu o título acadêmico “Alumnus Maximum”, por ter logrado aprovação com maior coeficiente de aproveitamento no Preparatório.


A solenidade que marcou o encerramento da gestão do desembargador Ari Moutinho como diretor da Escola Superior da Magistratura do Amazonas, inaugurou o painel “Nossa Trajetória”, que destaca o legado histórico dos 21 anos da Esmam. O descerramento do painel foi feito pelo presidente do TJAM, desembargador Flávio Pascarelli; o presidente eleito para o biênio 2018/2020, desembargador Yedo Simões; o diretor da Esmam, desembargador Ari Moutinho, e o coordenador de cursos da instituição, juiz de Direto Paulo Feitoza. 


Últimas Notícias
CSMP recebe inscrições para remoção à 101ª PJ

Notícias
O Conselho Superior do Ministério Público do Estado do Amazonas (CSMP/MP-AM) divulga, nas edições dos dias 24 e 25...
CNMP realiza 2º Encontro Regional do Planejamento Estratégico Nacional em Manaus

Notícias
  No evento, que faz parte do projeto de elaboração do Planejamento Estratégico Nacional do MP (PEN 2020-2029),...
Abertas inscrições para remoção à PJ de Jutaí

Notícias
O Conselho Superior do Ministério Público do Estado do Amazonas (CSMP) fez publicar, nas edições dos dias 24 e 25...
Divulgada lista de inscritos para remoção à Promotoria de Benjamin Constant

Notícias
O Conselho Superior do Ministério Público do Estado do Amazonas (CSMP) fez publicar, no Diário Oficial Eletrônico...