PGJ lança Projeto “Servidora Mãe Nutriz”

MÃE NUTRIZ

O Ministério Público do Estado do Amazonas (MPAM) lançou o Projeto Servidora Mãe Nutriz, que estabelece a redução da jornada de trabalho às servidoras cujos filhos tenham até 02 anos de idade.
Segundo o Procurador-Geral de Justiça Carlos Fábio Braga Monteiro, “o objetivo do projeto é incentivar o aleitamento materno e promover uma melhor integração entre a mãe e a criança, mesmo depois de encerrada a licença-maternidade”.


Assinado pelo Procurador-Geral de Justiça, o Ato PGJ nº. 075/2018, que institui o Projeto Servidora Mãe Nutriz reduz a jornada de trabalho das servidoras para 04 (quatro) horas diárias.
Para o Chefe da Divisão de Recursos Humanos, Marlon Bernardo, a medida foi uma grande conquista para as mães servidoras do MP-AM “Após a prorrogação da licença-paternidade para 20 (vinte) dias, o MP-AM volta o seu olhar para as mães servidoras. São iniciativas como estas que promovem a valorização e a motivação do nosso capital humano”.

O Ministério Público do Estado do Amazonas é uma das Instituições precursoras no país a adotar redução de jornada de trabalho para 4 horas diárias às mães com filhos de até 02 anos. 


Últimas Notícias
MP-AM reúne cúpula da Segurança Pública do AM e recomenda medidas para melhorias nas unidades da PM e Polícia Civil

Notícias
  A Procuradora-Geral de Justiça do Estado do Amazonas, Leda Mara Nascimento Albuquerque, esteve reunida nesta...
Membros do MP-AM são homenageados pela CMM na comemoração do Dia da Justiça

Notícias
  Membros do Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM) foram homenageados, ontem, 6 de dezembro de 2018,...
Campanha pela paz em casa conclui mais de 1,1 mil processos relativos à violência contra a mulher

Notícias
O Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM) participou, no período de 26 a 30 de novembro de 2018, da 12ª...
Especialistas no combate à sonegação fiscal palestram e trocam experiências no MP-AM

Notícias
O Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM) iniciou nesta quinta-feira, 06 de dezembro, o Seminário “Crimes...