Lançada em Manaus a Campanha Viva Sem Veneno

IMG-20171207-WA0010

O Fórum Amazonense de Combate aos Agrotóxicos lançou nesta quinta-feira, 7 de dezembro de 2017, em Manaus, a Campanha Viva Sem Veneno. A campanha é uma articulação nacional de pessoas, entidades e organizações em defesa da vida e contra o uso dos agrotóxicos. E foi lançada durante o I Congresso Interinstitucional de Meio Ambiente e Agroecologia, promovido pelo Centro Universitário Luterano de Manaus, em parceria com a Secretaria de Estado de Produção (Sepror), no auditório da CEULM/ULBRA.

A campanha de âmbito nacional nasceu por incentivo do Ministério Público do Trabalho no Paraná e é promovida pelo Fórum Nacional de Combate aos Impactos dos Agrotóxicos e Transgênicos, pelos Fóruns Estaduais, pela Associação Paranaense das Vítimas Expostas ao Amianto e aos Agrotóxicos e pelo Observatório do Agrotóxico.

"Foi muito importante lançar a Campanha Viva Sem Veneno, em Manaus, durante o Congresso Interinstitucional de Meio Ambiente e Agroecologia, ocorrido na ULBRA em parceria com a Sepror, porque essa mensagem precisa chegar com urgência aos estudantes da área, aos profissionais do setor primário e a toda comunidade acadêmica. O Brasil consome 7,3 litros de veneno por pessoa por ano, essa campanha vem alertar a sociedade sobre esses dados e os seus efeitos na saúde da população e no meio ambiente".

Em seu pronunciamento, a coordenadora do Fórum Amazonense de Combate aos Agrotóxicos destacou, ainda, a instituição no Amazonas da Política Estadual de Agroecologia e Produção Orgânica, aprovada no dia 6 de dezembro, na ALEAM. De autoria do deputado Dermilson Chagas, a Política tem como principal objetivo promover e incentivar o desenvolvimento da agroecologia e dos sistemas orgânicos de produção, assim como a transição agroecológica e o período de conversão para agricultura orgânica, contribuindo para a sustentabilidade e a qualidade de vida das populações da cidade, campo e floresta, por meio do uso sustentável dos recursos naturais da oferta e consumo de alimentos saudáveis.

IMG-20171207-WA0012

I Congresso Interinstitucional de Meio ambiente e Agroecologia

Reunindo autoridades e especialistas da área, o I Congresso Interinstitucional de Meio Ambiente e Agroecologia teve como objetivo a capacitação e enriquecimento teórico das pessoas que atuam no Setor Primário do Amazonas, por meio de palestras, oficinas, distribuição de cartilhas educativas e minicursos que abordam temas diversos ligados à produção de alimentos. E serviu de oportunidade para divulgação da campanha que defende o fim do consumo de alimentos produzidos com uso de agrotóxicos – substâncias tóxicas banidas em outros países, mas permanecem em uso no Brasil.

Os males causados pelos agrotóxicos são comprovados cientificamente tanto para quem manipula o veneno na plantação, quanto para quem consome os alimentos contaminados por essas substâncias tóxicas. Baseada na declaração dos Estados-membros, a Organização Mundial da Saúde (OMS)estima que as doenças crônicas não transmissíveis que têm os agrotóxicos entre seus agentes causadores sejam responsáveis por 63% das 57 milhões de mortes declaradas no mundo em 2008, e por 45,9% do volume global de doenças. A OMS prevê, ainda, um aumento de 15% dos óbitos por esta causa, no período de 2010 a 2020.

(Fotos: Djalma Júnior)

IMG-20171207-WA0011


Últimas Notícias
Servidores demitidos em período eleitoral serão indenizados pelo Município de Maués

Notícias
Em Ação Civil Pública proposta pelo Ministério Público do Estado do Amazonas, o Município de Maués foi condenado...
MP-AM vai à Justiça pela renovação e manutenção dos veículos de transporte coletivo de Manaus

Notícias
A 81ª Promotoria de Justiça Especializada na Proteção e Defesa do Consumidor (Prodecon) ajuizou na última...
MP-AM denuncia estado falimentar da Fucapi e vai à Justiça para impedir novas matrículas

Notícias
O Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM), por meio da 47ª Promotoria de Justiça Especializada em...
Sai a lista de inscritos para Remoção à 2ª PJ de Parintins

Notícias
O Conselho Superior do Ministério Público do Estado do Amazonas (CSMP) divulgou hoje, 16 de janeiro de 2018, no...