Começam os preparativos para o julgamento dos acusados de matar o delegado Oscar Cardoso Filho

 

CONDENA JOVEM TJ

 

Marcado para o próximo dia 25 de agosto de 2017, o julgamento dos acusados de assassinar o delegado de Polícia Civil, Oscar Cardoso Filho, já começa a movimentar órgãos e autoridades locais envolvidas no evento. Além do credenciamento dos veículos de comunicação que vão fazer a cobertura jornalística, o Juízo da 2ª Vara do tribunal do Júri determinou ainda restrições de acesso às dependências do prédio e também do registro de imagens do julgamento, que será realizado no Fórum Ministro Henoch Reis, na zona Sul de Manaus.

As medidas, segundo o autor da denúncia, Promotor de Justiça Edinaldo Aquino Medeiros, são necessárias para assegurar as garantias constitucionais da ampla defesa e garantir a segurança da realização do julgamento. “Sustentamos a tese de que os acusados planejaram e executaram um crime bárbaro, devendo ser condenados às penas da lei. Nossa expectativa é de que o julgamento se realize sem incidentes e sem mais adiamentos, pois, a melhor justiça é a que se realiza com a maior brevidade possível, prestando contas à sociedade”, declarou o Promotor de Justiça.

Apenas quatro dos cinco denunciados pelo MP-AM estarão presentes no julgamento: Messias Maia Sodré, Diego Bruno de Souza Moldes, Mário Jorge Nobre de Albuquerque (Mário Tabatinga) e Marcos Roberto Miranda da Silva (Marcos Pará). João Pinto Carioca, o João Branco, que está preso na Penitenciária Federal de Catanduvas, no interior do Paraná, será interrogado por meio de videoconferência.

O credenciamento de imprensa teve início nesta quinta-feira, 17 de agosto, junto à Divisão de Divulgação e Imprensa do Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas. Somente profissionais de veículos credenciados terão permissão para acessar as dependências do Fórum destinadas ao julgamento. Não será feito o credenciamento individual de repórteres. Também não será permitido o ingresso de câmeras de qualquer tipo e telefones celulares no plenário onde ocorrerá o julgamento. Os interessados podem obter mais informações sobre o credenciamento no portal do TJ-AM <www.tjam.jus.br>.

No dia do julgamento, o acesso ao Fórum Ministro Henoch Reis será pela porta principal, com entrada pelo detector de metal e revista. Os jornalistas credenciados deverão se dirigir às equipes de segurança para ter acesso ao plenário, apresentando seu crachá funcional ou RG, ou Registro Profissional. O acesso será confirmado por meio da listagem de profissionais credenciados.


Últimas Notícias
MP-AM restabelece qualificadora de pena para crime praticado com arma branca

Notícias
A Lei 13.654/2018, em vigor desde 24 de Abril de 2018, fez alterações na tipificação do crime de roubo, aumentando...
MP nas Escolas - Promotor fala a estudantes da Escola Estadual São Luiz de Gonzaga

Notícias
    O Projeto MP nas Escolas visitou a Escola Estadual São Luiz de Gonzaga, no bairro São Raimundo, zona...
Conselho Nacional de Procuradores-Gerais elege novo Presidente

Notícias
  Por aclamação, o Procurador-Geral de Justiça de Goiás, Benedito Torres Neto, foi eleito na manhã da última...
Proposta recomenda criação de Promotorias de Justiça Especializadas em Segurança Pública nos MPEs

Notícias
O conselheiro do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) Luciano Nunes Maia (foto) apresentou proposta de...